AUGUSTO CASTRO


 

Augusto de Castro. Mais uma irreparável perda no restrito número daqueles que não ficaram indiferentes, perante os mistérios desta humanidade, principalmente no que concerne à fenomenologia dos não identificados.

Faleceu em Fevereiro passado e era licenciado em Filosofia, pela Faculdade de Filosofia da Universidade de Braga. Foi conselheiro de orientação profissional, desempenhando o papel de presidente dessa associação. Desempenhou também, durante muitos anos, o cargo de orientador na assessoria das análises psicológicas às testemunhas de eventos classificados de extraordinários. Pertenceu ao Conselho Directivo da C.N.I.F.O. (Comissão Nacional de Investigação do Fenómeno Ovni). Participou em inúmeras conferências e debates e publicou artigos sobre o tema que sempre o orientou.

José Sottomayor