Voltar
 

"Silenciados e Silenciosos" reproduz o essencial da
tese de Mestrado em História Moderna apresentada pelo autor em 1996, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Trata-se de uma inquirição sobre as formas de vida da vida converitual, da religiosidade e da espiritualidade em Portugal no século XVII. Baseado na analise da obra Agiologio Lusitano do padre Jorge Cardoso. este texto reúne mais de duas centenas de exemplos de um quotidiano vivido entre muros e siléncios.
Experiências singulares de santidade vividas por homens e mulheres num cadinho de crenças e culturas ancestrais.
 

.AQUISIÇÃO DA OBRA    
Departº Gráfico:  Dra. Agata Rosmaninho

agata@ufp.pt

.
Joaquim Fernandes nasceu no Porto a 20 de Abril de 1946. É professor auxiliar da Universidade Fernando Pessoa, Porto, co-fundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência, (CTEC) nesta Instituição e co-editor da revista Cons-Ciências. Doutorou-se em História com o tema " O Imaginário Extraterrestre na Cultura Portuguesa - do fim da Modernidade até meados do século XIX", apresentada à Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Interessa-se pela antropologia religiosa e debate entre ciência e religião. Autor de uma vasta obra de divulgação científica e histórica é membro de vários organismos internacionais.